Tese de doutorado da prof. Abda Medeiros

ENTRE A “TERRA DO SOL” E A “CIDADE MARAVILHOSA”: ROTAS, DESVIOS E TORNEIOS DE VALOR NOS CIRCUITOS DO ROCK METAL.

Abda Medeiros 

Trata-se de uma tese cuja reflexão alude às rotas, desvios e circuitos dos bens materiais e simbólicos (APPADURAI, 2008; KOPYTOFF, 2008) entre os afinados com o estilo do gênero rock denominado metal, tendo por objetivo verificar de que forma se dá a relação entre a música do rock com menor (ou nenhuma) visibilidade nos meios de comunicação e a que dispõe de todo um aparato de produção e divulgação organizadas segundo as regras do sistema mundial capitalista (SAHLINS,1998). Em outras palavras, esta pesquisa pretende compreender até que ponto a produção underground no Metal toma como referência o que é produzido pela grande indústria musical neste segmento e, por outro lado, de que maneira, na prática, diferenciam-se desta em seus modos de ser, fazer e tornar-se reconhecidos no mercado musical. Tanto como banda, quando assim se organizam, como em formato de plateia, que frequenta os shows e consome os produtos oriundos deste universo como marcas distintivas no mundo destes bens (DOUGLAS; ISHERWOOD, 2009). O campo empírico desta investigação é o público que se identifica com o aludido gênero musical na cidade de Fortaleza, sendo que, ao longo do texto, as experiências vivenciadas pelos afinados com rock metal na cidade do Rio de Janeiro também são descritas e utilizadas como aportes comparativos e suporte à interpretação da experiência em Fortaleza. A ideia é estabelecer diálogos entre contextos culturais dentro de um mesmo país, o Brasil, que se diferenciam nas formas de se organizar, vivenciar e promover o rock metal, apontando para as dimensões transcultural, afetiva e política experimentadas por estes indivíduos em suas respectivas trajetórias. Os dados aqui apresentados foram colhidos por meio de observação em ambas as cidades, entrevistas, material fonográfico produzido pelas bandas e meios virtuais pelos quais estes sujeitos compartilham os bens materiais e imateriais, gerando, assim, um mercado próprio.

Palavras-chave: Culturas. Música. Mercado. Processos de Ressignificação.

 Download

 

Please follow and like us:

 
Copyright © 2012 - 2018 Laboratório das Juventudes - LAJUS-UFC. Todos os Direitos Reservados.
Av. da Universidade 2532, Centro de Humanas III - UFC - Fortaleza - Ceará